Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Decifrar Pessoas - Alexandre Monteiro

Como decifrar e optimizar a Linguagem Corporal, Microexpressões e decifrar pessoas na negociação, Vendas, Recrutamento, Política, Entrevistas emprego, Coaching, falar em Público.. Para não especialistas

Decifrar Pessoas - Alexandre Monteiro

Como decifrar e optimizar a Linguagem Corporal, Microexpressões e decifrar pessoas na negociação, Vendas, Recrutamento, Política, Entrevistas emprego, Coaching, falar em Público.. Para não especialistas

Quem “manda” em casa? Pais ou filhos? Saiba quais sinais para descobrir

pai2.png

 As crianças crescem rápido e desde cedo que tentam  impor a sua vontade e força através da linguagem corporal. Os filhos usam inconscientemente sinais de domínio para testar o grau de domínio e a permissividade dos pais, é como um conhecer dos limites e até o grau de domínio que eles exercem em casa sobre os pais. Mais tarde o permitir ou não contrariar estes sinais pode virar-se contra os pais, porque quando quiserem exercer “autoridade” sobre os filhos, seja para os desviar de maus caminhos ou para os orientar para um melhor futuro, poderão não aceitar a opinião dos pais ou não os reconhecer como pessoas fortes para os ajudar. É necessário contrariar este "Domínio" subliminarmente desde logo, "repreender", contrariar ou alertar de que não admite estes mesmos sinais, isto sem recorrer à violência ou ao grito, ambas situações revelam falta de controlo.

 

Sinais de” Domínio” dos filhos:  

 

pai8.png

  • Filho/a que interrompe com frequência as conversas dos pais, é um sinal claro de domínio. Quando os filhos interrompem, deve alertar de que aguardem que termine de falar, é uma das formas de contrariar o domínio deles.

 pai15.png

  •  O olhar fixo serve para demonstrar ou reforçar o domínio e poder que têm sobre si. Em certas situações pode ser desafio, vai lutar pelo domínio "Não te tenho medo! "Um filho, que faça este olhar, sente que tem poder sobre si ou não o vê como dominante.

  Faça este simples teste:  Olhe fixo para o seu filho/a! Se ele/a não desviar o olhar, então não o vê como dominante.

 

  • Filho/a exibe demasiadas vezes a expressão facial de Desprezo. A expressão facial de desprezo é a pior na relação entre pais e filhos. A criança que a faz é porque não lhe está a dar "valor moral". O filhos/a sente que falhou com ela com pai ou mãe e agora acha que interagir com os pais, é uma perca de tempo.

  •  Mãos na cintura ou enrolar os olhos quando ouve ou fala com os pais. Estes dois sinais revelam desafio e desinteresse pelo que está a ser dito o por quem o está a dizer. Se o filho/a fala com as mãos na cintura, os pais  devem imitar o gesto e se enrolar os olhos deve reprender e deve falar-lhe com palmas das mãos para baixo.

  • Sentam-se no lugar habitual do pai ou mãe. Os filhos quando se sentam no  lugar dos pais, é como um conquistar de território, eles sentem que ocupar os lugares habituais dos pais ir-lhe-á dar o mesmo “poder” dos pais.  Os pais quando quiserem ocupar o lugar habitual, devem pedir tranquilamente ao filho/a que saia e se sente no lugar dele, este gesto demonstra inconscientemente que os pais ainda são “Rei/Rainha” da casa.  

 

Existem muitos mais sinais de domínio que deve contrariar aos seus filhos, para os conseguir ajudar ao longo do seu crescimento como pessoa e profissional, mas sempre sem violência verbal ou física.

 

Alexandre Monteiro

Especialista em  Decifrar Pessoas | sou@pessoab.pt | Visite os Segredos da Linguagem Corporal

Nº1 Nacional a partilhar a Linguagem Corporal para todos

.

 

.

 

 

Segredos da Linguagem Corporal

Segredos da Linguagem Corporal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Decifre Pessoas num Minuto

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens