Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Decifrar Pessoas - Alexandre Monteiro

Como decifrar e optimizar a Linguagem Corporal, Microexpressões e decifrar pessoas na negociação, Vendas, Recrutamento, Política, Entrevistas emprego, Coaching, falar em Público.. Para não especialistas

Decifrar Pessoas - Alexandre Monteiro

Como decifrar e optimizar a Linguagem Corporal, Microexpressões e decifrar pessoas na negociação, Vendas, Recrutamento, Política, Entrevistas emprego, Coaching, falar em Público.. Para não especialistas

O que aprendi com um espião?

A habilidade de "ler" os outros, afeta em muito a forma como lidamos com eles. Ao perceber o que o outro, pode estar a sentir, torna mais fácil adaptar a mensagem de acordo ao objetivo pretendido, porque comunicar não é somente o que dizemos, mas sim o que o outro percebe daquilo que dizemos.

Pode parecer confuso e aleatório "ler" o que o outro está a sentir ou a intentar, mas ao seguir um método usado pelas forças policiais especiais, pode aproximar-se e tudo se torna mais fácil. 

Criar uma linha base

As pessoas tem padrões de comportamento repetitivos e habituais, que o fazem pelas diversas razões e que muitas das vezes nos passam despercebidos (Posturas fechadas constantes, rir muito, roer as unhas, tocar ou não nas pessoas, aperto de mão forte, mexer muito as mãos,...). A este comportamento habitual da pessoas, chamamos-lhe de "Linha base". É bom criar o hábito e ter em atenção de perceber qual a linha base das pessoas com quem interage.

 

Procurar Desvios  à Linha Base

Tem de prestar atenção aos desvios da linha base da pessoa e perceber de que houve uma alteração ao comportamento normal. Quando acontece esta aleterção, existe uma grande probabilidade de que esteja a acontecer algo de diferente. (Uma pessoa que normalmente sorri e fala muito com os braços e deixa de o fazer; Não colocar perfume e começar o colocá-lo), estas situações são uma alteração ao comportamento base. 

O ideal é questionar o que poderá estar a acontecer, não julgar.

 

Criar Clusters de Gestos

Cluster de gestos, é a visualização de um conjunto de sinais não verbais, que indiciam um determinado tipo de comportamento ou intenção (Alegria, conforto, manipulação, nervosismo....).

Uma expressão facial, um gesto ou movimento por si só, não indica nenhuma verdade ou mentira, é somente uma pista.

Para uma melhor análise das intenções ou sentimentos dos outros, é bom criar clusters, juntar vários sinais (pistas) para lhe indicarem um melhor caminho de investigação.

 

Comparar ou contraste 

Observe como a pessoa, normalmente interagem com outra pessoa que goste ou não. Depois compare se o mesmo comportamento é exibido em situações semelhantes. ( A pessoa ri para as pessoas que gosta e quando está com outra pessoa não ri, provavelmente não tem o mesmo tipo de sentimento).

 

Espelhe

Os neurónios espelho foram "criados" para conseguir refletir o que a outra pessoa está a sentir ou a intentar, no fundo estar na pele do outro e perguntar "O que ele/a poderá estar a sentir?". 

Quando vemos alguém e gostamos é porque ela espelhou o nosso comportamento e assim percebemos de uma forma inconsciente de que fomos correspondidos. Se não acontecer este espelhar é porque a ligação ou sintonia não foi correspondida, e  através dos neurónios espelho, sentimo-lo.

 

Detetar o líder do grupo

O "chefe", "presidente", "Pai ou mãe" , "aquele que se senta à cabeceira da mesa", nem sempre é o "líder do grupo.

Para identificar os líderes do grupo, muitas vezes é melhor observar os sinais não verbais como quem tem:

Voz mais forte

Cotovelos em cima da mesa

Senta virado para a porta

Pés mais afastados

Posturas abertas

 

....

 

Palavras chave e tempos verbais

As palavras chave e os tempos verbais que escolhemos revelam a intensidade que queremos colocar nas nossas ações ou intenções.

Um líder diz "Acho que deveríamos fazer mais vendas." Estas palavras podem revelar um líder não dominante e com falta de confiança.

 

Perceber o tipo de perfil comportamental 

Todos somos diferentes, no entanto todos partilhamos os quatro perfis de comportamentos que podemos identificar de imediato através da Linguagem não verbal. Costumo usar a expressão popular, adaptada ao Decifrar Pessoas, "Diz-me como falas, dir-te-ei quem és!", porque através dos gestos, movimentos e expressões faciais, pode perceber melhor como a pessoa lida com a informação, o que valoriza, quais os medos e como os influenciar e este conhecimento dá-lhe poder.

 

Perguntas que deve fazer, quando conhece alguém pela 1ª vez

 

Comportamento introvertido ou extrovertido?

Focado em relações ou significado?

Gosta de arriscar ou de segurança?

O que lhe alimenta o EGO?

Como se comporta em tensão?

Como se comporta quando relaxada?

 

Ter resposta a estas perguntas dá-lhe o poder de entender melhor, porque é que  a pessoa faz o que faz e como a poderá influenciar melhor. 

 

Este método de observação ajuda a estarmos mais alertas às mensagens silenciosas do nosso dia-a- dia e a não perder mensagens que nos ajudam a ser melhores profissionais, pais, companheiros, filhos,... . Não existe nenhum gesto, movimento ou expressão facial que tenha um significado apurado a 100%, tratam-se apenas de pistas para conseguir perceber e escolher o  melhor caminho e comunicar melhor consigo, com outros e ainda proteger-se de perigos.

 

"E-CURSO ONLINE - LINGUAGEM CORPORAL + INFO Clique aqui

PRESENCIAL " DECIFRAR PESSOAS: +INFO E INSCRIÇÕES - Clique aqui

 

Um Abraço Amigo, 

Alexandre Monteiro
Especialista em Decifrar Pessoas | sou@pessoab.pt | Visite os Segredos da Linguagem Corporal

Nº1 Nacional a partilhar a Linguagem Corporal para todos

Segredos da Linguagem Corporal

Segredos da Linguagem Corporal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Decifre Pessoas num Minuto

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens